Buscar
  • Ricardo Rocha de Oliveira

Reunião tríplice com Eng. Ricardo Rocha evidencia a diversidade do Crea-PR



Três entidades de classe ligadas ao Crea-PR – a Associação dos Engenheiros Químicos do Paraná (AEQP), Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Guaratuba e a Associação de Engenheiros da Fronteira do Iguaçu (Assefi, com sede em Realeza) – participaram na última quinta-feira de um encontro remoto com o Eng. Ricardo Rocha (31).


Junto com ele, os Eng. Civil Julio Russi (61), Eng. Químico Luiz Eduardo Caron (71) e Eng. Agrônomo Daniel Galafassi (51), candidatos à Diretoria Geral e Administrativa da Mútua e ao Conselho Federal - Modalidade Agronomia, respectivamente, que debateram com as lideranças presentes temas diversos, como a importância da representatividade do Conselho e das profissões em assuntos pertinentes à infraestrutura e ao desenvolvimento do Estado. “Reforcei o conceito do programa Agenda Parlamentar, que tem como missão contribuir com a gestão pública na formulação e implementação de políticas públicas municipais, regionais e estaduais”, explica Ricardo Rocha.


Também foi mencionada a importância da Lei de Inspeção Predial e da fiscalização do Crea-PR para assegurar que a manutenção de edificações seja executada por profissionais habilitados. Neste contexto, o candidato à presidência do Crea-PR lembrou da implementação, em seu primeiro mandato, da Assessoria de Políticas Públicas, que tem o papel de fomentar nos municípios a criação de leis e medidas que envolvem as áreas afetas ao Conselho e firmar parcerias com o setor público para que as mesmas sejam realizadas devidamente.


A Associação dos Engenheiros Químicos do Paraná (AEQP), que neste ano completa sete décadas de história e está formatando um grande evento comemorativo, pós-pandemia, com o apoio do Crea-PR e da Mútua, falou ao Eng. Agrônomo Daniel Galafassi sobre a importância de um trabalho no Confea junto a outros sistemas profissionais, que em alguns momentos têm atacado as atribuições do Sistema Confea/Crea/Mútua. Galafassi e Rocha mencionaram os trabalhos da Comissão de Harmonização Interconselhos, criada pelo Confea para demandas desta ordem.


“A reunião foi muito produtiva, abordamos temas de elevada importância, desde a valorização dos profissionais do sistema, passando pela unificação das posturas dos Creas estaduais, até a maior inserção das entidades de classe na representatividade dentro do sistema. O litoral sentiu-se prestigiado pela oportunidade de ser ouvido pelos líderes desta nossa classe profissional”, diz o Eng. Civil Lúcio Moura, presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Guaratuba.


“Apoio o Eng. Ricardo Rocha pela sua excelente performance na presidência do Crea-PR”, adiciona o Eng. Químico Cláudio Barretto, presidente da Associação dos Engenheiros Químicos do Paraná (AEQP).


“Acredito no comprometimento do Eng. Ricardo Rocha e na ética de seu trabalho frente ao Crea-PR, é por isso que apoio sua reeleição”, conclui a Eng. Civil Barbara Carolina Dal Toe Maccarini.

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo